As multas por ultrapassagem em local proibidos, previstas no artigo 200, 202, 203 do CTB, são muito rígidas quanto a suas infringências, pois o cometimento delas acarreta em um grande risco as condutores e transeuntes, deste modo o legislador previu as seguintes consequências:

Artigo 200 – Ultrapassar pela direita veículo de transporte coletivo ou de escolares, parado para embarque ou desembarque de passageiros, salvo quando houver refúgio de segurança para o pedestre. Esta é considerada uma infração gravíssima, com o acréscimo de 07(sete) pontos em sua CNH – Carteira Nacional de Habilitação, além da multa de R$ R$ 293,47.
Artigo 202 – Ultrapassar outro veículo; I) pelo acostamento; II) em interseções e passagens de nível. Estas são consideradas infrações gravíssimas, com o acréscimo de 07(sete) pontos em sua CNH – Carteira Nacional de Habilitação, além da multa de R$ R$ 1.467,35.
Artigo 203 – Ultrapassar pela contramão outro veículo; I) nas curvas, aclives e declives, sem visibilidade suficiente; II) nas faixas de pedestre; III) nas pontes, viadutos ou túneis; IV) para em fila junto a sinais luminosos, porteiras, cancelas, cruzamentos ou qualquer outro impedimento à livre circulação; V) onde houver marcação viária longitudinal de divisão de fluxos opostos do tipo linha dupla contínua ou simples contínua amarela. Estas são consideradas infrações gravíssimas, com o acréscimo de 07(sete) pontos em sua CNH – Carteira Nacional de Habilitação, além da multa de R$ R$ 1.467,35.

Todavia, antes de aceitar a multa e paga-la cabe ao condutor verificar se existem todos os requisitos indicados no CTB e nas resoluções do CONTRAN, pois por diversas as vezes, há vícios nas infrações que podem desqualifica-las, livrando o condutor de arcar com uma multa de valor altíssimo, além dos pontos lançados em sua CNH – Carteira Nacional de Habilitação.